Sais da Himalaia ou chá de menta? Revisão dos esfoliantes naturais…

Os benefícios dos esfoliantes  na pele já todas nós sabemos e sentimos. A sua variedade é, de facto, mais que suficiente para encontrarmos um produto certo quer para a carteira, quer para o nosso tipo de pele. Apesar de existir uma ideia errada de que todos os esfoliantes são iguais, seria a mesma coisa dizer que todos os cremes, champôs, tónicos etc. são iguais e servem para a mesma coisa. Para quê então procurar o tal produto mais barato/caro, natural/menos natural se ao fim e ao cabo eles são iguais? Como já tive oportunidade de verificar, há esfoliantes e esfoliantes….

Coincidindo quase na mesma altura ter comprado um esfoliante da Korres e receber como parte de uma prenda um outro da Ritual´s, decidi fazer um comparação entre dois produtos completamente diferentes. A única coisa que estes dois têm em comum é o facto de ambos serem o mais naturais possível.

Esfoliantes

O Hammam Hot Scrub da Ritual´s é de textura mais “agressiva”, tendo o sal grosso da Himalaia como o seu ingrediente principal, embora deixe a pele bastante confortável e nada irritada. Os extractos de eucalipto e de gengibre ainda têm um efeito de ligeiro aquecimento, melhorando desta forma a circulação e libertando a pele de toxinas. O cheiro pronunciado a eucalipto deixa a casa de banho com aroma de um verdadeiro spa-hammam. Além disso depois de esfoliar as pernas com estes sais sinto os músculos mais relaxados. Não sei se isto se deve ao cheiro a eucalipto ou será apenas pura ilusão?🙂

O formato em boião foi o que menos gostei no esfoliante, pois acaba por ser mais exposto ao calor, além de ter que tirar o produto directamente com a mão😦

O Mint Tea Body Scrub da Korres é uma produto mais delicado e menos abrasivo. O extracto de chá de menta torna-o refrescante, embora com um cheiro muito subtil e nada forte. A composição ainda conta com o óleo de jojoba e extracto de bambu, deixando a pele não só liberta de células mortas, mas também tonificada e hidratada q.b.

A sua bisnaga é mais propícia para o produto estar mais fresco e protegido, além de ser mais prática.

Quer um, quer outro esfoliante revelaram-se uns bons aliados semanais na minha rotina de beleza. Certamente se não tivesse os dois ao mesmo tempo, teria gostado bastante de seguir 2 esfoliações semanais com apenas um produto, mas assim sendo, vou alternando os dois.

Os seus preços são muito semelhantes, custando o primeiro 15,50€ nas lojas e o segundo aproximadamente 14,00€ a 15,00€ nos sites especializados. Recomendo os dois…

E vocês, minhas queridas, já experimentaram algum destes esfoliantes? Quais são os vossa preferência?