A mulher moderna veste Prada?

… E como não podia ignorar as semanas de moda a decorrer nos últimos dias nalgumas das principais capitais, decidi publicar as fotos de um desfile que acho que todas as mulheres, minimamente interessadas em moda, deveriam ver. Nem que seja para dizer que não gostaram nada…

Trata-se de marca italiana Prada, que em 2012 obteve 3,5 mil milhões de euros de lucro. Imaginem só, estamos a falar de praticamente metade da dívida portuguesa.

Não digo que adorei esta nova colecção FW2013, da mesma forma que não posso dizer que não gostei. Simplesmente tentei perceber e adaptar algumas ideias e as minhas peças de vestuário às futuras tendências. Esta colecção que aqui vos deixo a seguir não é assim tão extravagante como costuma ser. As suas peças até são bastante wearables, apesar de serem inspiradas nos tempos de pós-guerra, na mulher dos anos 50/60 que a todo o custo queria ficar mais feminina e elegante.

Os seus habituais scarpins de salto alto desta vez foram substituídos por umas solas compensadas ou botins grunge. As famosas carteiras por vezes demasiado clássicas, ou demasiado futuristas, desta vez foram elaboradas em tecido, que a mim me fez lembrar uma toalha em plástico de uma mesa de cozinha. 

Gostem ou não, isto é Prada, e com “ela” ninguém discute no que diz respeito à moda…

Outra coisa é termos um estilo próprio, mas sabermos o que se passa à nossa volta!